Empresa spin-off da Hirix tem projeto na área de educação selecionado em programa de pesquisa inovativa da FAPESP/FINEP

A Finep e a Fapesp anunciaram, no dia 18 de abril, 42 projetos de pesquisa selecionados em quatro editais do Programa PIPE-PAPPE para o desenvolvimento industrial e comercial de produtos e processos tecnológicos. As propostas aprovadas incluem tecnologias para cidades inteligentes, combate ao Vírus Zika e ao mosquito Aedes aegypti, anel acelerador Sirius e aplicações espaciais. O presidente da Finep, Marcos Cintra, participou da cerimônia de anúncio ao lado do presidente da Fapesp, José Goldemberg, do diretor-presidente do Conselho Técnico Administrativo da Fundação, Carlos Américo Pacheco, e do diretor científico da instituição, Carlos Henrique Cruz.

 

“Programas como esse estão na base de todo o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação em qualquer país do mundo. É exatamente o apoio às pequenas e médias empresas que compõe o dinamismo, a seiva criativa na área de ciência e tecnologia”, destacou Cintra, lembrando que os programas públicos dessa natureza deveriam ser classificados como investimento e solução para problemas econômicos, não como gasto.

 

Os projetos anunciados foram selecionados em quatro chamadas de propostas: desenvolvimento de tecnologias e produtos para aplicações em Cidades Inteligentes – Cidades Sustentáveis (2016); combate ao vírus Zika e ao mosquito Aedes aegypti (2016); desenvolvimento do novo anel acelerador Sirius, do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), em 2015; e desenvolvimento de tecnologias e produtos para aplicações espaciais (2015/2016).

 

No Programa PIPE-PAPPE, parceria entre a Finep e a Fapesp, as empresas já devem estar na fase de desenvolvimento do projeto em escala industrial e comercial. As iniciativas serão apoiadas por meio da concessão de recursos de subvenção econômica à pesquisa para inovação, não reembolsáveis, do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Finep, e de recursos orçamentários da Fapesp. Além da Fapesp, o Programa PIPE-PAPPE mantém parcerias com todas as Fundações de Amparo à Pesquisa estaduais do país.

Salustiano Fagundes e Carlos Brito (Diretor Científico da Fapesp)

Sobre a HXD

Com sede em Barueri/SP, a HXD Soluções em Mídias Digitais – empresa spin-off da Hirix criada em 2007 para atender com soluções inovadoras o mercado de emissoras, canais, produtoras e distribuidores de conteúdo audiovisual – teve o projeto “GALILEO – Uma plataforma OTT para a distribuição e entrega de conteúdos audiovisuais com metodologia de educação adaptativa em múltiplos dispositivos conectados à internet” selecionado após um criterioso processo de análise feito por especialistas da Fapesp e da Finep.

 

Para Salustiano Fagundes, sócio fundador da Hirix e da HXD, “essa conquista reforça a vocação das nossas empresas para trabalharem com inovação. Em 2009 tivemos um projeto aprovado no programa Prime (Primeira Empresa Inovadora) da Finep para desenvolver o “Palpite Interativo”, uma solução que tinha como objetivo enriquecer a experiência televisiva, permitindo aos telespectadores interagirem entre si enquanto assistiam aos seus programas de esportes favoritos. Em 2010 submetemos, em parceria com o LSITEC (Associação do Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico/USP), um projeto para o Desenvolvimento de um Middleware IPTV para o Mercado Global, que foi aprovado na Chamada Pública MCT/FINEP/FUNTTEL para Áreas Temáticas Prioritárias”.

 

O projeto GALILEO será coordenado pelo seu idealizador, o pesquisador Msc Fabrício de Alexandria, sócio e diretor de P&D da HXD.

 

Fontes:
http://www.hxd.com.br
http://www.finep.gov.br/noticias/todas-noticias/5421-finep-e-fapesp-anunciam-projetos-de-pesquisa-para-inovacao-em-empresas
http://www.fapesp.br/10834